Como planejar o consumo e comprar mais com menos dinheiro

Entenda a importância do planejamento para uma gestão financeira responsável

Um dos passos mais importantes para controlar seus gastos e fazer o seu planejamento orçamentário funcionar é a administração consciente e disciplinada do seu consumo. Consumir sem planejamento e sem controle pode levar a um estado de endividamento que pode comprometer a sua qualidade de vida.

Quando falamos sobre consumo consciente, é importante ressaltar que isso não significa, necessariamente, consumir pouco e, sim, consumir utilizando menos dinheiro, de uma maneira que seja adequada as suas condições financeiras e da sua família.

O importante aqui é potencializar o seu dinheiro e eliminar desperdícios. Se você paga uma conta de água, e evita os juros de atraso, você potencializa seus recursos. Se você sonha em adquirir um smartphone novo, por exemplo, e economiza dinheiro para comprar à vista ao invés de parcelar, a economia adquirida pela ausência de taxa de juros também é uma forma de potencialização da sua renda

Vantagens adquiridas ao planejar o consumo

Manter o endividamento sob controle

Quando sabemos as despesas e as receitas relativas à nossa renda, temos maior possibilidade de controle sobre o nosso orçamento. Ainda que haja algum tipo de imprevisto, o consumidor que se planeja tem mais condições de lidar com contratempos.

Preservar e aumentar a sua renda

O planejamento nos ajuda a manter a disciplina em relação aos nossos gastos. Quando aliamos esse planejamento a um controle rigoroso do nosso orçamento, temos mais condições de economizar dinheiro e manter uma poupança para metas a longo prazo ou emergências.

Utilizar os juros ao seu favor

Quando as pessoas conhecem e entendem o conceito e aplicação das taxas de juros, é possível otimizar o uso de crédito, evitando as multas por atraso e maximizando a capacidade do seu dinheiro. Também é possível usar os juros de forma positiva, fazendo o dinheiro investido em poupanças ou outros tipos de aplicações render.

Tags: consumo dinheiro economia finanças

Veja mais