Atinja suas metas usando a educação financeira

Com estudo e disciplina é possível controlar o orçamento

Para aprender a lidar com o dinheiro de maneira equilibrada e consciente, ninguém precisa decorar fórmulas matemáticas, nem conhecer a fundo o mercado financeiro. O essencial, quando se fala em educação financeira, é conhecer o próprio orçamento e os compromissos do dia-a-dia para manter a conta sempre no azul.

 

Além disso, é preciso fazer planos para a renda que se tem, estudando a melhor maneira de guardar, para realizar sonhos no médio e longo prazo.

 

Interessado? Confira, a seguir, algumas lições básicas sobre o assunto.

 

1. Coloque as despesas na ponta do lápis

Para alcançar uma vida financeira estável, é fundamental inserir, aos poucos, alguns hábitos na rotina. Anotar todos os gastos diários é um deles. Esse é o primeiro passo para descobrir onde vai parar o dinheiro que entra. Se preferir, guarde as notas e extratos em um envelope e, no final de cada semana ou na última semana de cada mês, faça um balanço geral das despesas.

 

2. Estabeleça objetivos para a sua renda

Anote alguns sonhos que você quer realizar e que dependem do seu dinheiro. Estabeleça as metas em ordem de prioridade, colocando o que é mais importante no começo da lista. Por fim, defina o período em que deseja conquistar cada objetivo que anotou.

 

3. Analise os seus gastos e corte os excessos

Assim que conseguir estabelecer quais sonhos quer realizar, pegue a planilha que montou e examine todas as despesas que tem em um mês, para definir o que é essencial e o que pode ser cortado.

 

4. Comece a investir

Mesmo que não tenha muita ideia de como fazer o dinheiro render, comece a guardar um pouquinho todo mês e organize-se para proteger seu futuro: simule hoje mesmo sua Previdência Complementar.