Butantan pode conseguir entregar 100 mi de doses de Coronavac em agosto

Com a chegada de insumos neste mês, o Instituto pode adiantar a produção

O Instituto Butantan criou expectativa de números expressivos na produção de vacinas para combater a C0vid-19 no Brasil.

Segundo informações do Instituto, há possibilidade de conclusão e entrega de até 100 milhões de doses da CoronaVac ao Ministério da Saúde ainda em agosto.

A base da informação parte da premissa de que, neste mês, o Butantan receba 24 mil litros do Insumo Farmacêutico Ativo (IFA) da vacina, produzida e desenvolvida pelo laboratório chinês Sinovac, de acordo com declarações feitas pelo presidente do Butantan, Dimas Covas, em entrevista coletiva no Palácio dos Bandeirantes, sede do Governo de São Paulo:

“É possível que possamos receber 12 mil litros da matéria-prima para produção da vacina em julho e mais 12 mil litros em agosto. Com isso, recuperaremos o cronograma de adiantamento para finalizar o contrato com o Ministério da Saúde ainda em agosto”.

Por contrato, o prazo para entrega das 100 milhões de doses para o Programa Nacional de Imunização (PNI) é para setembro, entretanto, a chegada dos insumos pode adiantar as vacinas em até um mês, graças ao trabalho incisivo do Instituto.

Ainda de acordo com declarações do presidente Dimas Covas, após a conclusão destas doses, não há outro acordo para entregas da CoronaVac ou da Butanvac que, por sua vez, ainda aguarda aprovação da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA) para a etapa de testes.

Para ficar por dentro da vacinação no país, você pode acessar o portal Vacinômetro do Governo Federal e verificar, em tempo real, quantos brasileiros já receberam a imunização.

 

Tags: coronavac imunização