Centro de Pesquisa vencedor do Nobel de Economia chega ao Brasil

Com projetos de combate ao desemprego, o JOI começa suas operações no país

Face à necessidade de novas estratégias e políticas públicas que concedam oportunidades mais justas de resposta às demandas de trabalhadores por ofertas de emprego, especialmente com os efeitos arrebatadores da pandemia no mercado de trabalho e as condições de desigualdade mais expressivas devido ao desemprego, a JOI (Jobs and Opportunity Initiative ou Iniciativa por Empregos e Oportunidades, em português) chegou ao Brasil.

Fundada em 2013 num formato de centro de pesquisa no MIT (Instituto de Pesquisa de Massachusetts), a iniciativa reúne uma rede realmente impressionante e mundial de acadêmicos, Organizações Não-Governamentais (ONG’s) e autoridades.

Graças ao trabalho voltado à políticas anti desemprego em diversas nações, a JOI recebeu o Prêmio Nobel de Economia em 2019 “pela abordagem experimental para aliviar a pobreza global”.

No Brasil, o programa começa por um mapeamento dos mais diversos projetos, já em andamento, que possam ser incentivados a ganhar campo de atuação por todo o país.

Concorrentemente, uma equipe acadêmica ficará responsável por conduzir estudos e pesquisas que visam fomentar a criação de um padrão referencial de evidências com base científica, de modo a influenciar e auxiliar na geração de políticas públicas que permitam maiores oportunidades de vida digna por meio do trabalho.

A previsão é de que o projeto dure cerca de cinco anos e, em uma das etapas, projetos brasileiros receberão instruções que vão desde aulas gerais sobre a finalidade do projeto até orientações e avaliações, seguidas de assistências a organizações selecionadas.

No momento em fase de montagem e definição de modelos a serem aplicados no Brasil, o projeto central do JOI prevê auxílio financeiro e institucional tanto para iniciativas mais simples, como cursos básicos de montagem de currículos até iniciativas mais complexas, como cursos de capacitação específicos para necessidades de empresas.

Os temas centrais já estão definidos:

  • Capacitação e busca por emprego;
  • Criação de vagas e
  • O futuro do trabalho.

Tags: empregos nobel de economia