Compras por impulso: aprenda a exercer autocontrole

Comprar de forma descontrolada pode ser um transtorno psicológico

Parece comum. Afinal, quem nunca passou pela situação de comprar algo que sabia que não cabia no orçamento, certo?

Porém, o hábito de comprar impulsivamente e complicar a saúde financeira, pode ser um transtorno da saúde emocional também.

A oniomania, um transtorno de personalidade e emocional, faz parte dos distúrbios por impulso e gera prazer absoluto no ato de comprar sem que, necessariamente, o objeto conquistado seja um foco.

O transtorno acomete cerca de 7% da população mundial e é responsável por uma desorganização descontrolada nas finanças, o que rende outros problemas emocionais e de saúde física também.

O ato compulsivo está fortemente relacionado com o desejo de preencher vazios emocionais, gerando contentamento em aquisições momentâneas e, na maioria das vezes, desnecessárias.

Entretanto, a satisfação produzida pela compra não dura muito tempo e, em um curto período, outra é feita para continuar o ciclo.

Conheça os sintomas do transtorno:

  • Contração de dívidas que se sabe não poder pagar;
  • Aquisição insistente de itens desnecessários, muitas vezes repetidos;
  • Decidir ir às compras para se sentir feliz sem nenhuma necessidade ou desejo específico;
  • Empréstimos realizados para satisfazer o consumo;
  • Esconder despesas contraídas durante o mês e complicar os relacionamentos afetivos por excesso de despesas;
  • Consequente afastamento social.

Na maioria dos casos, ajuda psicológica é necessária, contudo, o exercício do autocontrole pode auxiliar pessoas com a patologia e aquelas que não a possuem também.

Confira 3 dicas para exercer o autocontrole nas compras

 Dica 1: Restrinja o uso do cartão de crédito e do limite da conta corrente (cheque especial). Esses produtos só devem ser usados em situações emergenciais;

Dica 2: Planeje seus gastos: saiba quanto, exatamente, está disponível para cada atividade durante o seu mês e não ultrapasse esse valor;

Dica 3: Converse com a família sobre o orçamento mensal, de maneira que todos contribuam com a organização das contas e estejam comprometidos com o bem-estar financeiro.

Caso você sinta que não possui controle para realizar as mudanças, procure ajuda psicológica pelo seu bem estar financeiro e emocional.

Tags: autocontrole compras por impulso